Borracharia é furtada por funcionário em Sombrio

Além do furto o funcionário dividiu o dinheiro com dois colegas de trabalho

Nessa terça-feira, 18, a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de furto na marginal da BR - 101 em Sombrio, onde o proprietário de uma borracharia ao conferir o caixa do seu estabelecimento verificou que faltava uma quantia em dinheiro.

Segundo relatos do proprietário, as câmeras do escritório foram desligadas por três minutos, e ao retornar à imagem, flagrou um homem descendo a escada que dá acesso ao escritório, ele estava trabalhando no local há um mês. O suspeito já é conhecido no meio policial por cometer furtos.

Após questionar os outros dois funcionários,  eles afirmaram que o homem havia conversado com sua ex companheira que teve no estabelecimento a tarde. Um dos funcionários relatou que o homem também perguntou sobre o funcionamento das câmeras.

Diante da suspeita a guarnição deslocou até a residência de ex mulher do suspeito, na Avenida Quintino Manoel Domingos. Ela relata que o ex companheiro entregou o dinheiro, pedindo para que ela guardasse. A guarnição então informou o furto e a mulher entregou a quantia de R$700  em espécie.

A PM questionou o homem sobre o valor furtado, ele relatou que gastou uma parte, não sabendo precisar quantos  e dividiu o dinheiro subtraído com seus dois colegas de trabalho.

Diante dos fatos  os homens foram conduzidos até a delegacia de polícia civil para procedimentos cabíveis.

Quer receber notícias pelo Whatsapp? Clique aqui

Nessa terça-feira, 18, a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de furto na marginal da BR – 101 em Sombrio, onde o proprietário de uma borracharia ao conferir o caixa do seu estabelecimento verificou que faltava uma quantia em dinheiro.

Segundo relatos do proprietário, as câmeras do escritório foram desligadas por três minutos, e ao retornar à imagem, flagrou um homem descendo a escada que dá acesso ao escritório, ele estava trabalhando no local há um mês. O suspeito já é conhecido no meio policial por cometer furtos.

Após questionar os outros dois funcionários,  eles afirmaram que o homem havia conversado com sua ex companheira que teve no estabelecimento a tarde. Um dos funcionários relatou que o homem também perguntou sobre o funcionamento das câmeras.

Diante da suspeita a guarnição deslocou até a residência de ex mulher do suspeito, na Avenida Quintino Manoel Domingos. Ela relata que o ex companheiro entregou o dinheiro, pedindo para que ela guardasse. A guarnição então informou o furto e a mulher entregou a quantia de R$700  em espécie.

A PM questionou o homem sobre o valor furtado, ele relatou que gastou uma parte, não sabendo precisar quantos  e dividiu o dinheiro subtraído com seus dois colegas de trabalho.

Diante dos fatos  os homens foram conduzidos até a delegacia de polícia civil para procedimentos cabíveis.

Quer receber notícias pelo Whatsapp? Clique aqui

Compartilhe

Voltar às notícias