Blog Thais Gomes: ENTENDENDO O PATRIMÔNIO

ARARANGUÁ: 142 ANOS DA FUNDAÇÃO DA CIDADE

 

Certamente, o Rio Nilo é um dos rios mais famosos do mundo, e está localizado no continente africano, percorrendo 10 países de África, até desaguar no mar mediterrâneo. Ao percorrer a Etiópia o Rio é chamado de Nilo azul. O Rio Nilo foi vital para o desenvolvimento da civilização Egípcia. Suas cheias fertilizantes garantiram a riqueza e a prosperidade da região.

Heródoto, filosofo grego, considerado o pai da história destaca:” o Egito como uma dádiva do Nilo”.

Já O Rio Araranguá, cujo verde turquesa de suas águas, remete ao Rio Nilo, e, é também, uma dádiva de Araranguá, está localizado no extremo sul de Santa Catarina, Brasil. É, sem dúvida, uma joia da cidade, seja pela oscilação de cor, que atesta sua beleza e parecença com a coloração das águas do Rio Nilo, seja pela alteração da temperatura da água, fenômeno interessante e pouco comum, ou ainda pelas belas paisagens ao longo de suas margens, que trazem a cidade de Araranguá uma beleza sem igual.

De sua magnificência, surgiu a cidade de mesmo nome: ARARANGUÁ, que nesse ano de 2022, completou 142 anos de fundação, no último dia 3 de abril.

Comecemos pela Bacia do Rio Araranguá, uma vez que sua importância se manifesta em sua extensão, que perpassa 16 municípios, compreendendo uma área de 3.089Km² e juntamente com outras nove bacias, faz parte do Sistema de Drenagem Vertente do Atlântico, em Santa Catarina, de acordo com os dados do “Atlas Ambiental da Bacia do Rio Araranguá”.

Só para termos um pouquinho da dimensão da importância dessa bacia, ela é responsável pela sobrevivência dos habitantes, fauna e flora de toda a região. O Rio Araranguá, além de ser patrimônio ambiental, natural, afetivo tem suma importância na manutenção da VIDA.

Araranguá, que recebeu o nome de seu Rio, se destacou no cenário colonial brasileiro, por conta de sua estratégica posição geografia e de sua condição atraente para o pouso de tropas de muares e demais, vindas do Rio Grande do Sul, com destino a São Paulo.

ARARANGUÁ: 142 ANOS DA FUNDAÇÃO DA CIDADE

 

Certamente, o Rio Nilo é um dos rios mais famosos do mundo, e está localizado no continente africano, percorrendo 10 países de África, até desaguar no mar mediterrâneo. Ao percorrer a Etiópia o Rio é chamado de Nilo azul. O Rio Nilo foi vital para o desenvolvimento da civilização Egípcia. Suas cheias fertilizantes garantiram a riqueza e a prosperidade da região.

Heródoto, filosofo grego, considerado o pai da história destaca:” o Egito como uma dádiva do Nilo”.

Já O Rio Araranguá, cujo verde turquesa de suas águas, remete ao Rio Nilo, e, é também, uma dádiva de Araranguá, está localizado no extremo sul de Santa Catarina, Brasil. É, sem dúvida, uma joia da cidade, seja pela oscilação de cor, que atesta sua beleza e parecença com a coloração das águas do Rio Nilo, seja pela alteração da temperatura da água, fenômeno interessante e pouco comum, ou ainda pelas belas paisagens ao longo de suas margens, que trazem a cidade de Araranguá uma beleza sem igual.

De sua magnificência, surgiu a cidade de mesmo nome: ARARANGUÁ, que nesse ano de 2022, completou 142 anos de fundação, no último dia 3 de abril.

Comecemos pela Bacia do Rio Araranguá, uma vez que sua importância se manifesta em sua extensão, que perpassa 16 municípios, compreendendo uma área de 3.089Km² e juntamente com outras nove bacias, faz parte do Sistema de Drenagem Vertente do Atlântico, em Santa Catarina, de acordo com os dados do “Atlas Ambiental da Bacia do Rio Araranguá”.

Só para termos um pouquinho da dimensão da importância dessa bacia, ela é responsável pela sobrevivência dos habitantes, fauna e flora de toda a região. O Rio Araranguá, além de ser patrimônio ambiental, natural, afetivo tem suma importância na manutenção da VIDA.

Araranguá, que recebeu o nome de seu Rio, se destacou no cenário colonial brasileiro, por conta de sua estratégica posição geografia e de sua condição atraente para o pouso de tropas de muares e demais, vindas do Rio Grande do Sul, com destino a São Paulo.

Compartilhe

Voltar ao blog