Barreiras sanitárias são instaladas em Jacinto Machado

Ação será realizada uma vez por semana

As entradas da cidade de Jacinto Machado receberam, na tarde desta terça-feira, 21, barreiras sanitárias. Nelas os profissionais de saúde, apoiados pela Polícia Militar, paravam os veículos para aferir temperatura dos passageiros, passar orientações e questionar se tinham sintomas gripais. A ação faz parte das medidas preventivas adotadas pela Administração Municipal para combater a proliferação do coronavírus.

A principal orientação repassada foi a importância de procurar o Centro de Triagem caso apresente sintomas de gripe, febre, tosse ou dificuldade para respirar, característicos da doença causada pelo covid-19. “Nossa missão é levar informação às pessoas sobre a prevenção, como o uso de máscaras, álcool em gel 70% e distanciamento social, para que possamos contribuir com a diminuição dos casos de coronavírus”, destaca a enfermeira Juliane Furlanetto Trombim.

A barreira sanitária será realizada uma vez por semana. “A ação da barreira se mostra muito importante para fins de orientação e cuidado, por isso será repetida”, destaca o prefeito João Batista Mezzari, o Gaiola.

 

Fonte e foto: Itaionara Recco

 

As entradas da cidade de Jacinto Machado receberam, na tarde desta terça-feira, 21, barreiras sanitárias. Nelas os profissionais de saúde, apoiados pela Polícia Militar, paravam os veículos para aferir temperatura dos passageiros, passar orientações e questionar se tinham sintomas gripais. A ação faz parte das medidas preventivas adotadas pela Administração Municipal para combater a proliferação do coronavírus.

A principal orientação repassada foi a importância de procurar o Centro de Triagem caso apresente sintomas de gripe, febre, tosse ou dificuldade para respirar, característicos da doença causada pelo covid-19. “Nossa missão é levar informação às pessoas sobre a prevenção, como o uso de máscaras, álcool em gel 70% e distanciamento social, para que possamos contribuir com a diminuição dos casos de coronavírus”, destaca a enfermeira Juliane Furlanetto Trombim.

A barreira sanitária será realizada uma vez por semana. “A ação da barreira se mostra muito importante para fins de orientação e cuidado, por isso será repetida”, destaca o prefeito João Batista Mezzari, o Gaiola.

 

Fonte e foto: Itaionara Recco

 

Compartilhe

Voltar às notícias