Atleta da FME Criciúma conquista medalha de bronze em torneio internacional na França

Luísa Lummertz integra a Seleção Brasileira de Atletismo e ficou em terceiro lugar no Salto em Altura na Gymnasiade

Nesta quinta-feira (19) a atleta da Fundação Municipal de Esportes (FME) de Criciúma/DME Nova Veneza/Unesc/S.R. Mampituba, Luísa Lummertz, conquistou a medalha de bronze no Salto em Altura, no torneio Gymnasiade, na França. Ela ficou em terceiro lugar, com a marca de 1,73m, atrás somente da espanhola Celia Rifaterra, com 1,81m, e da turca Aleyna Karaca, também com 1,73m.


"É mais um grande resultado para ela. Alcançar essa colocação em uma competição como a Gymnasiade é um grande motivo de orgulho. Ficamos muito felizes com essa conquista da Luísa, porque ela se preparou bastante para isso", afirmou o técnico de Atletismo da FME Criciúma, Roberto Bortolotto.


A Gymnasiade é uma das principais competições escolares do planeta e está sendo disputada na região da Normandia, na França, desde o dia 14 de maio, com o encerramento previsto para este domingo, 22. O torneio reuniu cerca de 3,4 mil atletas de 16 a 18 anos de 69 países. O Brasil levou 230 representantes, sendo a maior delegação do país na história da competição.


A Fundação Municipal de Esportes (FME) de Criciúma e o Departamento Municipal de Esportes (DME) de Nova Veneza são parceiros da equipe de atletismo do Mampituba, a qual é integrante do projeto de formação de atletas que o clube mantém por meio de convênio, através de editais, com o Comitê Brasileiro de Clubes (CBC). Em Criciúma, também há o apoio da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc).




Texto: Vítor Filomeno


Foto: Reprodução

Nesta quinta-feira (19) a atleta da Fundação Municipal de Esportes (FME) de Criciúma/DME Nova Veneza/Unesc/S.R. Mampituba, Luísa Lummertz, conquistou a medalha de bronze no Salto em Altura, no torneio Gymnasiade, na França. Ela ficou em terceiro lugar, com a marca de 1,73m, atrás somente da espanhola Celia Rifaterra, com 1,81m, e da turca Aleyna Karaca, também com 1,73m.

“É mais um grande resultado para ela. Alcançar essa colocação em uma competição como a Gymnasiade é um grande motivo de orgulho. Ficamos muito felizes com essa conquista da Luísa, porque ela se preparou bastante para isso”, afirmou o técnico de Atletismo da FME Criciúma, Roberto Bortolotto.

A Gymnasiade é uma das principais competições escolares do planeta e está sendo disputada na região da Normandia, na França, desde o dia 14 de maio, com o encerramento previsto para este domingo, 22. O torneio reuniu cerca de 3,4 mil atletas de 16 a 18 anos de 69 países. O Brasil levou 230 representantes, sendo a maior delegação do país na história da competição.

A Fundação Municipal de Esportes (FME) de Criciúma e o Departamento Municipal de Esportes (DME) de Nova Veneza são parceiros da equipe de atletismo do Mampituba, a qual é integrante do projeto de formação de atletas que o clube mantém por meio de convênio, através de editais, com o Comitê Brasileiro de Clubes (CBC). Em Criciúma, também há o apoio da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc).

Texto: Vítor Filomeno

Foto: Reprodução

Compartilhe

Voltar às notícias