Araranguaense com doença rara precisa de doação de medula

Diego Barbosa Mattos, de 28 anos, foi diagnosticado com mielodisplasia e precisa encontrar doador compatível

Internado após um cansaço repentino em março deste ano, Diego Barbosa Mattos, de 28 anos foi diagnosticado com uma doença rara conhecida como mielodisplasia.

Também chamada de síndrome mielodisplásica, a doença que Diego possui ocorre com mais frequência em pessoas com mais de 50 anos, e cerca de um terço dos pacientes com mielodisplasia progridem para uma leucemia aguda.

Além de realizar quimioterapia para auxiliar no tratamento da doença, Diego tem grandes chances de ser curado através da doação de medula. Depois de ter seus dois irmãos testados e nenhum deles serem compatíveis, ele está cadastrado no banco mundial esperando por um doador.

Como ajudar

Para quem ainda não é doador, basta ir ao HEMOSC mais próximo. Com 5ml de sangue já é possível verificar a compatibilidade. É importante pedir que a doação seja feita no nome de Diego Barbosa Mattos.

Quem já é doador de medula, é importante atualizar o cadastro. Acontece que as vezes pacientes são compatíveis com doadores, mas como o endereço e o telefone são antigos, o HEMOSC não consegue entrar em contato. Para atualizar o cadastro basta clicar aqui.

Internado após um cansaço repentino em março deste ano, Diego Barbosa Mattos, de 28 anos foi diagnosticado com uma doença rara conhecida como mielodisplasia.

Também chamada de síndrome mielodisplásica, a doença que Diego possui ocorre com mais frequência em pessoas com mais de 50 anos, e cerca de um terço dos pacientes com mielodisplasia progridem para uma leucemia aguda.

Além de realizar quimioterapia para auxiliar no tratamento da doença, Diego tem grandes chances de ser curado através da doação de medula. Depois de ter seus dois irmãos testados e nenhum deles serem compatíveis, ele está cadastrado no banco mundial esperando por um doador.

Como ajudar

Para quem ainda não é doador, basta ir ao HEMOSC mais próximo. Com 5ml de sangue já é possível verificar a compatibilidade. É importante pedir que a doação seja feita no nome de Diego Barbosa Mattos.

Quem já é doador de medula, é importante atualizar o cadastro. Acontece que as vezes pacientes são compatíveis com doadores, mas como o endereço e o telefone são antigos, o HEMOSC não consegue entrar em contato. Para atualizar o cadastro basta clicar aqui.

Compartilhe

Voltar às notícias