Araranguá tem mais seis mortes por Covid-19

Foram quatro falecimentos apenas no domingo, um no sábado e outro nesta segunda-feira, 17

Por Dyessica Abadi

A Prefeitura de Araranguá emitiu comunicado na tarde desta- segunda-feira, 17, sobre mais seis óbitos em decorrência de Covid-19. Foram quatro falecimentos apenas no domingo, um no sábado e outro nesta segunda-feira, 17. Ao todo, o município contabiliza 26 mortes.

Os 21º e 22º óbitos aconteceram no Hospital Regional de Araranguá (HRA). No sábado, 15, foi registrado o falecimento de uma idosa de 82 anos, com DM e HAS. Neste domingo, 16, faleceu um idoso de 62 anos com o mesmo histórico de comorbidades.

Os 23º, 24º e 25º óbitos também foram no HRA na tarde de domingo, 16. Três senhoras idosas foram as vítimas fatais: uma tinha 74 anos e possuía DM e HAS; a outra 72 anos e era asmática; e a última tinha 68 anos e comorbidades.

Nesta segunda-feira, 17, um homem de 33 anos veio a óbito no Hospital São José. O paciente possuía comorbidade de obesidade. Segundo o levantamento de dados do Portal W3, esse foi o óbito da pessoa mais jovem a morrer por conta de Covid-19 na região do Extremo Sul catarinense.

Idosos são as principais vítimas fatais


O Portal W3 realiza periodicamente a analise de dados dos registros de óbitos no Extremo Sul Catarinense (AMESC). O último levantamento revelou que 75,5% das vítimas fatais de Covid-19 na região são idosos, sendo a idade média dos falecidos entre 70 anos. Nesta semana, a reportagem irá realizar a atualização dos dados mais recentes.

Para saber mais, leias as seguintes matérias:

Plantão Coronavírus: 75,5% dos mortos na AMESC são idosos

Reportagem Especial: O que revelam os dados das fatalidades por Covid-19 na AMESC?

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Por Dyessica Abadi

A Prefeitura de Araranguá emitiu comunicado na tarde desta- segunda-feira, 17, sobre mais seis óbitos em decorrência de Covid-19. Foram quatro falecimentos apenas no domingo, um no sábado e outro nesta segunda-feira, 17. Ao todo, o município contabiliza 26 mortes.

Os 21º e 22º óbitos aconteceram no Hospital Regional de Araranguá (HRA). No sábado, 15, foi registrado o falecimento de uma idosa de 82 anos, com DM e HAS. Neste domingo, 16, faleceu um idoso de 62 anos com o mesmo histórico de comorbidades.

Os 23º, 24º e 25º óbitos também foram no HRA na tarde de domingo, 16. Três senhoras idosas foram as vítimas fatais: uma tinha 74 anos e possuía DM e HAS; a outra 72 anos e era asmática; e a última tinha 68 anos e comorbidades.

Nesta segunda-feira, 17, um homem de 33 anos veio a óbito no Hospital São José. O paciente possuía comorbidade de obesidade. Segundo o levantamento de dados do Portal W3, esse foi o óbito da pessoa mais jovem a morrer por conta de Covid-19 na região do Extremo Sul catarinense.

Idosos são as principais vítimas fatais

O Portal W3 realiza periodicamente a analise de dados dos registros de óbitos no Extremo Sul Catarinense (AMESC). O último levantamento revelou que 75,5% das vítimas fatais de Covid-19 na região são idosos, sendo a idade média dos falecidos entre 70 anos. Nesta semana, a reportagem irá realizar a atualização dos dados mais recentes.

Para saber mais, leias as seguintes matérias:

Plantão Coronavírus: 75,5% dos mortos na AMESC são idosos

Reportagem Especial: O que revelam os dados das fatalidades por Covid-19 na AMESC?

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Compartilhe

Voltar às notícias