Amanhã o destino de SC será definido pelo impeachment ou não do governador

Veja o que Carlos Moisés e Daniela Reinhner manifestaram nas redes sociais nesta véspera de julgamento  

Foto: Mauricio Vieira/Secom - arquivo

Na véspera de sessão que define impeachment do governador, Carlos Moisés, ele e a governadora interina, Daniela Reihner se manifestaram nas redes sociais sobre o assunto ainda que discretamente.

Enquanto a interina publicou logo cedo algo que revela que está interessada em reaver os valores da suposta compra dos respiradores, tendo, inclusive, montado uma força tarefa para isso junto a Procuradoria Geral do Estado, Moisés publicou trechos de reportagens em diversos veículos de comunicação que mostram prefeitos de municípios do Oeste manifestando apoio a sua permanência.

Nesta sexta, 07, o Tribunal Misto composto por desembargadores e deputados define pelo impeachment ou não do governador pelo envolvimento no caso da compra dos respiradores em R$33 mi logo no início da pandemia. Estes respiradores não foram entregues e parte dos valores pagos antecipadamente foram apreendidos durante as investigações. Mais da metade ainda não se sabe o paradeiro.

Moisés foi afastado e Daniela está no comando de Santa Catarina desde a primeira sessão do tribunal em março.

A sessão de amanhã do tribunal misto conta com 10 votos. Caso haja sete favoráveis pela cassação, ele deixa o Governo do Estado definitivamente. Caso não se alcance esta quantidade de votos, o governador Moisés retoma ao cargo.

O deputado estadual, José Milton Scheffer (PP), integra o tribunal e diversas vezes manifestou apoio ao governador. Assim que ele foi afastado, Scheffer renunciou a liderança do governo na Assembleia Legislativa. O deputado que representa a região da Amesc, segundo sua assessoria, está reunido com advogados nos últimos dias para se preparar para a sessão.

Nos bastidores da Alesc, comenta-se que o placar será favorável ao governador, que também tem apoio de boa parte dos prefeitos catarinenses. Na semana passada um documento pelos prefeitos da Amesc foi assinado manifestando também o apoio.

Veja o que publicou Daniela nesta quinta, 06:



Veja o que publicou Moisés em suas redes sociais:



Ordem de votação na sessão de sexta :

Desembargadora Sônia Maria Schmitz

Deputado Marcos Vieira (PSDB)

Desembargador Roberto Lucas Pacheco

Deputado José Milton Scheffer (PP)

Desembargador Luiz Zanelato

Deputado Valdir Cobalchini (MDB)

Desembargadora Rosane Portella Wolff (relatora)

Deputado Fabiano da Luz (PT)

Desembargador Luiz Antônio Fornerolli

Deputado Laércio Schuster (PSB)

Na véspera de sessão que define impeachment do governador, Carlos Moisés, ele e a governadora interina, Daniela Reihner se manifestaram nas redes sociais sobre o assunto ainda que discretamente.

Enquanto a interina publicou logo cedo algo que revela que está interessada em reaver os valores da suposta compra dos respiradores, tendo, inclusive, montado uma força tarefa para isso junto a Procuradoria Geral do Estado, Moisés publicou trechos de reportagens em diversos veículos de comunicação que mostram prefeitos de municípios do Oeste manifestando apoio a sua permanência.

Nesta sexta, 07, o Tribunal Misto composto por desembargadores e deputados define pelo impeachment ou não do governador pelo envolvimento no caso da compra dos respiradores em R$33 mi logo no início da pandemia. Estes respiradores não foram entregues e parte dos valores pagos antecipadamente foram apreendidos durante as investigações. Mais da metade ainda não se sabe o paradeiro.

Moisés foi afastado e Daniela está no comando de Santa Catarina desde a primeira sessão do tribunal em março.

A sessão de amanhã do tribunal misto conta com 10 votos. Caso haja sete favoráveis pela cassação, ele deixa o Governo do Estado definitivamente. Caso não se alcance esta quantidade de votos, o governador Moisés retoma ao cargo.

O deputado estadual, José Milton Scheffer (PP), integra o tribunal e diversas vezes manifestou apoio ao governador. Assim que ele foi afastado, Scheffer renunciou a liderança do governo na Assembleia Legislativa. O deputado que representa a região da Amesc, segundo sua assessoria, está reunido com advogados nos últimos dias para se preparar para a sessão.

Nos bastidores da Alesc, comenta-se que o placar será favorável ao governador, que também tem apoio de boa parte dos prefeitos catarinenses. Na semana passada um documento pelos prefeitos da Amesc foi assinado manifestando também o apoio.

Veja o que publicou Daniela nesta quinta, 06:

Veja o que publicou Moisés em suas redes sociais:

Ordem de votação na sessão de sexta :

Desembargadora Sônia Maria Schmitz

Deputado Marcos Vieira (PSDB)

Desembargador Roberto Lucas Pacheco

Deputado José Milton Scheffer (PP)

Desembargador Luiz Zanelato

Deputado Valdir Cobalchini (MDB)

Desembargadora Rosane Portella Wolff (relatora)

Deputado Fabiano da Luz (PT)

Desembargador Luiz Antônio Fornerolli

Deputado Laércio Schuster (PSB)

Compartilhe

Voltar às notícias