Dia dos Namorados comemorado há mais de 9 mil quilômetros de distância

Conheça a história dos araranguaenses Luisa e William

Por conta da pandemia e as recomendações de isolamento social, diversos casais passarão o Dia dos Namorados distantes. E para inspirar, trouxemos neste dia tão especial a história do casal Luisa Melo Borges e William de Melo de Oliveira, que possuem hoje um relacionamento à distância. Juntos há 5 anos, é a primeira vez que passam tanto tempo longe um do outro. William foi para a Itália no começo deste ano, antes do grande surto de coronavírus ocorrer lá. Já ela, continuou morando em Araranguá.

Atualmente, ele está na região de Sicília. William foi para lá com a intenção de se naturalizar cidadão italiano, mas lidar com a saudades não tem sido uma tarefa fácil. “Deixar a família e ela foi muito difícil, mas tive que tomar decisões para um futuro melhor para gente. Volto para o Brasil em novembro e pretendo buscar ela”, conta.

Além da distância, outro problema enfrentado pelo casal é o fuso horário. São 5 horas de diferença do Brasil para Itália. “Os horários são diferentes, mas estamos sempre conversando. Fizemos videochamada todos os dias”, salienta Luisa. “Tem dias que a saudade aperta demais, ligo todos os dias e estou sempre dando notícias. Isso ajuda a matar a saudade, mas não é fácil”, diz William.

Mesmo distantes, a troca de presente já está garantida. Através de um primo de William que veio da Itália para o Brasil, ele mandou o presente adiantado de Luisa. E ao voltar para Itália, o primo levará o presente de William.

[caption id="attachment_62373" align="aligncenter" width="331"] William e Luisa conversando através de videochamada[/caption]

O Portal W3 deseja um feliz Dia dos Namorados à todos!

Por conta da pandemia e as recomendações de isolamento social, diversos casais passarão o Dia dos Namorados distantes. E para inspirar, trouxemos neste dia tão especial a história do casal Luisa Melo Borges e William de Melo de Oliveira, que possuem hoje um relacionamento à distância. Juntos há 5 anos, é a primeira vez que passam tanto tempo longe um do outro. William foi para a Itália no começo deste ano, antes do grande surto de coronavírus ocorrer lá. Já ela, continuou morando em Araranguá.

Atualmente, ele está na região de Sicília. William foi para lá com a intenção de se naturalizar cidadão italiano, mas lidar com a saudades não tem sido uma tarefa fácil. “Deixar a família e ela foi muito difícil, mas tive que tomar decisões para um futuro melhor para gente. Volto para o Brasil em novembro e pretendo buscar ela”, conta.

Além da distância, outro problema enfrentado pelo casal é o fuso horário. São 5 horas de diferença do Brasil para Itália. “Os horários são diferentes, mas estamos sempre conversando. Fizemos videochamada todos os dias”, salienta Luisa. “Tem dias que a saudade aperta demais, ligo todos os dias e estou sempre dando notícias. Isso ajuda a matar a saudade, mas não é fácil”, diz William.

Mesmo distantes, a troca de presente já está garantida. Através de um primo de William que veio da Itália para o Brasil, ele mandou o presente adiantado de Luisa. E ao voltar para Itália, o primo levará o presente de William.

William e Luisa conversando através de videochamada

O Portal W3 deseja um feliz Dia dos Namorados à todos!

Compartilhe

Voltar às notícias